Afinal, todos precisam fazer terapia? (Parte 2)

Ontem falamos sobre várias situações em que uma pessoa pode se beneficiar de um processo de psicoterapia (Leia aqui). Nesse post, vamos destacar sinais que podem indicar que algo não vai bem. Quando a pessoa experimenta certos sentimentos e sensações desconfortáveis de forma recorrente e que causam prejuízos ao dia-a-dia, o psicólogo é um profissional capacitado técnica e cientificamente para ajudar, através da psicoterapia:

  • Preocupações excessivas, difíceis de controlar.

  • Inquietação ou diminuição do ritmo, dificuldade de concentração,

  • Irritabilidade, tensão muscular,

  • Perturbações no sono, fadiga excessiva

  • Sentimentos de tristeza, vazio ou desesperança, diminuição do prazer ou interesse em atividades que antes eram motivadoras

  • Sentimento de inutilidade e culpa excessiva ou inadequada

  • Timidez, insegurança, dificuldades para tomar decisões

  • Sentimento de que a vida não está sendo como o esperado, de forma negativa

  • Medo persistente e excessivo em situações específicas ou diversas;

  • Sensações físicas recorrentes não explicadas por doença física: sudorese, taquicardia, sensação de sufocamento, dores, tremores, mal-estar indefinido, alterações gastro-intestinais;

  • Dificuldades relacionadas ao comportamento alimentar, com impacto generalizado nas condições de saúde física e emocional.

Se você têm experimentado alguns ou vários desses sentimentos e sensações, esteja atento e procure um profissional para lhe ajudar. Consultar um psicólogo para orientação ou psicoterapia é um investimento em você. Para que ficar sofrendo com questões familiares, afetivas, de trabalho, nas relações, consigo mesmo, se existem profissionais qualificados para ajudar? Se perceber que é necessário ou que lhe trará benefício, não tenha receio em procurar um psicólogo, ninguém é infalível e estamos nessa vida para aprender e crescer! Reconhecer a necessidade de ajuda não é sinal de fraqueza, mas de sabedoria e vontade de mudar! E então, todos precisam de terapia? Não necessariamente! E todos podem ser beneficiados com a ajuda de um psicólogo em algum momento? Provavelmente, sim!!

Nos próximos posts, vamos explorar com mais detalhes cada uma dessas situações de vida e dificuldades que enfrentamos! Acompanhe!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
TAGS
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

elainecluiz@gmail.com

(47) 99137-7417

R. Abdon Batista, 121,  Centro, Joinville/SC

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • w-googleplus