Hiperconectividade, Multitarefa e Equilíbrio Pessoal

24-Jun-2016

Na última semana, no Concarh, realizado aqui em Florianópolis, foram discutidos temas super atuais, os temas do congresso giraram em torno de 3 eixos: Protagonismo, Produtividade e Equilíbrio!

Falou-se muito sobre os efeitos das mudanças tecnológica em nossas expectativas e padrões comportamentais, foram explorados tanto aspectos positivos como o empoderamento dos indivíduos, quanto as dificuldades que advém, como adoecimento, diminuição da produtividade.

Resumo aqui um trecho da palestra magna “Pessoas e Organizações de Valor” proferida por Alan Hiltner, vice presidente da GraalBio, em que ele fala sobre hiperconectividade e multitarefa e acrescento alguns dados de pesquisa que localizei sobre o tema. 

A hiperconectividade trouxe novos modelos de negócios, como Uber, Alibaba, Airbnb entre outros, que ameaçam modelos tradicionais de comercialização de produtos e prestação de serviços. Como efeito, as empresas passam a exigir mais produtividade e lucratividade das pessoas, ao invés de mudar o negócio ou as estratégias, gerando elevados níveis de estresse e burnout.

Nesse cenário, a multitarefa aparece como uma competência desejável e exigida de diversos profissionais (até mesmo, auto-exigida no caso de empreendedores). E uma pergunta importante é: Ser multitarefa aumenta a produtividade?

Uma pesquisa realizada pela FuzeBox, identificou que:

  • 92 % dos funcionários fazem mais de uma coisa ao mesmo tempo durante reuniões, como chegar emails, trabalhar em outros projetos ou comer.

  • 41% realizam mais de uma tarefa ao mesmo tempo “constantemente” ou “todo o tempo”.

Ou seja, a multitarefa leva a um desengajamento, que pode afetar a qualidade das reuniões e da realização de tarefas importantes.

 

 

O advento dos smartPhones contribuiu para a tendência da multitarefa, Sérgio Viegas Reis, relaciona em uma pesquisa de mestrado, os efeitos da sobrecarga de informações na capacidade de atenção e mostrou que a dificuldade de atenção tem correlação positiva com o uso de e-mail, twitter, rede social e celulares. O e-mail, sendo uma causa de excesso de informações, interrupções frequentes e também de multitarefa, apresenta 69,8% de impacto sobre a atenção. 

Ser multitarefa é condizente com a época das cavernas, em que prestar atenção a muitos estímulos ao mesmo tempo era essencial para sobreviver, mas não é a ferramenta que trás melhores resultados em nossas vidas, seja no âmbito profissional, de produtividade, ou no âmbito pessoal, de qualidade de nossos relacionamentos e equilíbrio pessoal. Como podemos nos organizar para nos sentirmos produtivos na direção que desejamos, conseguindo resultados positivos e maior bem estar? Trataremos de assuntos como esse com frequência aqui no blog! 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Ciúmes no relacionamento

31-Jan-2019

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

TAGS
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

elainecluiz@gmail.com

(47) 99137-7417

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • w-googleplus

R. Max Colin,  América, Joinville/SC